Sem Você não Dá!

Sinopse

Este trabalho surge de uma parceria entre o Grupo Mágicas Pirilampos e a FEAC  com o intuito de veicular, de forma lúdica, os valores de convivência discutidos nas escolas do projeto FEAC na Escola (implementado entre 2011-13).

Através das linguagens cênicas contação de história e mágica, a personagem Nana Buh conta a aventura vivida por ela, sua Avó Barbina e seus colegas ao tentarem convencer o prefeito de que sua a escola não deveria ser fechada. Diante da ameaça de fecharem a escola, alunos, professores, funcionários e a comunidade se mobilizam na organização de um evento festivo, para mostrarem o quanto eles gostam e necessitam da escola.Paletó-rádio-mesa-avião

A história apresenta uma situação que coloca em risco a existência da escola. A idéia da falta propõe uma reflexão sobre seus benefícios, sua necessidade e vantagens de sua existência para cada um dos segmentos, convidando-os a se responsabilizarem por ela. Neste percurso o lema do projeto – Sem Você não Dá! e título da peça sugere a participação indispensável de cada um, tendo seus papeis valorizados e reconhecidos.

Uma apresentação tem duração de 50 minutos e se estende por mais 10 minutos de conversa/debate do público com a entrevistadora. Pode ser apresentado tanto na escola como no teatro para o ensino fundamental, ensino médio, para o EJA ou para situações em que os pais estejam presente.

Foi assim que tudo começou

Sem Você não Dá! é um trabalho do grupo Mágicas Pirilampos! que surge no contexto da implementação do Projeto “FEAC na Escola”, um projeto que tem o objetivo de promover melhor desempenho escolar para alunos matriculados em escolas públicas de Campinas.

Feac na escola

Entre outras estratégias desse projeto da Feac (Federação das Entidades Assistenciais de Campinas), desenvolvido em 7 escolas estaduais, uma etapa importante foi o “Desenvolvimento de Valores de Convivência”. Em cada escola foram discutidos valores sociais importantes a serem mantidos ou resgatados para garantir ou promover um ambiente escolar acolhedor, estimulador e eficaz no seu objetivo de educar. Participaram dessa discussão os vários segmentos envolvidos na escola: equipe gestora; professores; funcionários; pais; e alunos. Desta discussão foi possível sintetizar um lema que lembrasse cada um dos segmentos de sua responsabilidade com escola: Sem Você não Dá!

Um convite

No final de 2012 fomos procurados por profissionais da Feac para desenvolver um trabalho cênico que corroborasse a importância dos valores enumerados pelas escolas. Ficamos muito contentes com o convite e aceitamos o desafio.

Nos inteiramos do projeto e começamos a pesquisa. A peça deveria atingir desde alunos do ensino fundamental aos do EJA, funcionários, pais e professores.

Processo de criação

Partimos de discussões com a psicóloga Agnes Santos, profissional com rica experiência junto entidades de assistência à crianças e adolescentes. Somamos à estas discussões nossa própria experiência com a contação de história teatralizada e elegemos, como título,  o mesmo lema que o projeto (“FEAC na Escola”) já havia sintetizado: Sem Você não Dá!

Pensamos na apresentação de uma história seguida de uma conversa com o público. A fala de um seria estímulo para que outros refletissem sobre o assunto, o que potencializaria nossa ação. Acreditávamos que especialmente que as crianças teriam vontade de falar. E como tiveram!!!

A história deveria apresentar uma situação que colocasse a existência da escola em risco, para que a idéia da falta estivesse em contraposição aos seus benefícios, à sua necessidade e vantagens da escola para cada um dos segmento. Além disso, cada segmento deveria ver na peça o seu papel valorizado e reconhecido.

O resultado foi um texto interessante mas muito difícil de ser apresentado para grupos que não fossem muito pequeno e homogêneos. A saída – que na verdade já estava prevista e pronto para entrar em cena – seria entremear a história com números de mágica. Segundo nossa experiência, as mágicas deveriam parecer uma necessidade da própria história, uma forma de ilustrar a história, sem concorrer com a concentração do público na narrativa. Assim fizemos.

Fomos aos testes

No início de 2013 estávamos com uma peça prontinha para passar pelo crivo do pessoal da Feac e de equipes gestoras das escolas participantes do projeto. Mais outros ajustes das sugestões muito bem vindas e: Pronto! Já podíamos ir para as escolas.

mais-cultura-nas-escolas

Fotos de Bruno Oliveira

Fotos de Bruno Oliveira

Para favorecer a discussão sobre o tema, depois da peça, foi avaliado que a apresentação  deveria ter um públicos de até 150 Teatro São João Bosco 3alunos, ainda que para isso tivéssemos que fazer várias apresentações na cada escola. Em função disso a proposta teve de ser restringida ao  Fundamental 1.

Os frutos

Nas 21 apresentações que fazem parte do projeto “Feac na escola” tivemos um retorno estupendo do público. Uma ótima participação das crianças e um  retorno muito positivo de professores, funcionários, equipe gestora e dos pais.  Em uma escola a apresentação foi feita para os pais em separado, onde houve também uma boa discussão.

Resultado

mais-cultura-nas-escolasO Grupo Mágicas Pirilampos tem hoje uma peça – Sem Você não Dá!  – dirigida ao público escolar desde o Fundamental 1 ao EJA, voltada para a valorização da escola, convidando, de forma lúdica, cada seguimento a se responsabilizar ela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: